Tipos de imagens digitais e onde usá-las

Tipos de imagens digitais e onde usá-las

Dizem que uma “imagem vale mais do que mil palavras”. E atualmente, na Era Digital, temos inúmeros recursos para nos expressarmos através de imagens, seja tirando fotos, criando posts ou fazendo aquela arte incrível de um evento que vai agitar a galera…

A propósito, vale lembrar que podemos definir imagem digital como  uma representação bidimensional que utiliza um código binário que permite o seu processamento, transferência, impressão ou reprodução. Se quiser lembrar como funciona o código binário, vale assistir ao vídeo Bits e Bytes: A linguagem Digital, da minha Playlist Glossário Tecnológico, no meu canal do Yotube. E a representação visual desse imagem pode ser feita através de diversos meios técnicos, o como por exemplo: fotografia, tabelas, desenhos, ilustrações e gráficos.

Dito isso, que é a parte conceitual de imagem digital; vejamos como essa teoria já está impregnada em suas ações: ao receber um meme ou uma mensagem de bom dia pelas redes sociais, o seu dispositivo processa essa imagem. E se você gosta dessa imagem, você pode guardar imprimir ou compartilhar.

Agora, preste atenção: para criar, processar e armazenar imagens digitais é necessário compreender que as elas são de dois tipos essencialmente: imagens bitmap e vetoriais.  

Imagens bitmap

Aqui vai uma síntese: uma  imagem Bitmap é formada por  pixels, que trazem todas as informações que formam essa imagem. E o melhor exemplo de uma imagem bitmap são as imagens fotográficas. 

Assista ao vídeo para saber mais: 

A grande desvantagem desse tipo de imagem  é que quanto mais aumentarmos as medidas de uma determinada imagem, os pixels irão repartir por uma área maior, tornando a imagem mais indefinida. 

Ah! Mais uma coisa interessante: as imagens bitmap também são conhecidas como matriciais ou raster.

Imagens Vetoriais

Uma imagem vetorial é um desenho gráfico feito com linhas, pontos e curvas. E toda informação contida nesse desenho, como cores, dimensões, linhas, pontos  e curvas tem uma fórmula matemática específica.

Assista ao vídeo para saber mais detalhes: 

E é por usar fórmulas matemáticas em sua composição que imagens vetoriais não possuem pixels. Ao invés disso, são utilizadas essas formulas para calcular e recalcular as formas criadas e com isso, não se perde sua proporção e qualidade. Isso quer dizer que você nunca verá uma imagem vetorial distorcida, você pode aumenta-la quantas vezes quiser e ela perde sua qualidade.

Existem programas que fazem esses cálculos automaticamente  e que são próprias para a edição de imagens vetoriais, como por exemplo, o Adobe Ilustrador, Corel Draw, Photoshop.

Onde usar cada uma?

Vamos lembrar que quanto mais ampliarmos uma imagem bitmap, mais seus pixels irão aparecer. Portanto, quando precisamos redimensionar uma imagem sem perda de qualidade, devemos optar por imagem vetorial. Podemos usar vetor em: 

> logomarca de negócios,

> adesivos que necessitam de grande tamanho, 

> criação de símbolos e desenhos.

Por outro lado, se quisermos uma imagem com o maior nível de detalhamento, como por exemplo, fotos de celebrações, o ideal é escolher imagens bitmap, pois uma fotografia possui muitos detalhes como rosto, fundo, luz, sombra e esses detalhes não são possíveis em imagens vetoriais.

Mas e se você pudesse aprender mais sobre conteúdos relacionados a imagem digital?                                                                                                                                          Deixa eu te contar que talvez você não saiba: meu curso online sobre criação e edição de imagens digitais está no forno.                                                                            Assine minha lista VIP para saber das novidades!

Quer contribuir para que outros também aprendam sobre esse assunto?

Compartilhe em suas mídias

Clique em dos botões abaixo para escolher em qual rede social, você ajudará as pessoas a saberem mais sobre esse assunto: 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no skype
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no delicious
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print

Deixe um comentário