Benefícios, críticas, precauções e técnicas na produção de slides educativos

Sem sombra de dúvida, o recurso mais utilizado pelos professores em suas aulas são slides. Nesse artigo, pretendo contribuir com a discussão de seu valor pedagógico, trazendo alguns benefícios, críticas, precauções e técnicas que podem ser adotadas pelos educadores para uma efetiva utilização desse recurso.

BENEFÍCIOS

  • Aumentam o envolvimento e a interação dos estudantes.
  • Integram diversas mídias, tais como texto, áudio, vídeo e imagens.
  • Os diversos recursos de formatação e de criação de efeitos especiais dão à apresentação um aspecto profissional e dinâmico que pode ser bastante didático e agradável para os alunos.
  • As apresentações feitas em computador podem ser armazenadas, modificadas, reaproveitadas, distribuídas e compartilhadas na internet
  • As apresentações de slides são também ferramentas de autoria, tanto para professores quanto para alunos, e são ótimas ferramentas para apresentação de trabalhos escolares.

CRÍTICAS

  • Privilegia o conteúdo instrucional e não o significativo.
  • Reduz a qualidade das interações.
  • Seu excessivo usa gera aulas despersonalizadas..
  • Não produzem significativos resultados na aprendizagem quando comparados a formas mais tradicionais  de recursos visuais.
  • Desencorajam o pensamento complexo.

PRECAUÇÕES E TÉCNICAS

  • Na hora de exibi-los, conheça os seus slides.
  • Para manter a atenção dos alunos, mantenha contato visual com o seu público (e não com  seus slides).
  • Dê atenção a estética de seus slides.
  • Seja o mais conciso possível, e não se preocupe com os detalhes. O slide ideal tem no máximo 10 palavras.
  • Tenha criatividade para estimular a participação ativa e insira oportunidades de envolvimento frequentes.
  • Depois de terminar sua apresentação, releia os slides e veja se cada um deles pode ser compreendido em no máximo 3 s.
  • Procure colocar apenas uma ideia ou gráfico por slide (caso necessário, divida as suas informações em vários slides).
  • Para que uma apresentação de slides digital possa substituir com vantagens um resumo escrito em lousa, é preciso que ela incorpore elementos que dificilmente poderiam ser apresentados em lousa, como sons e imagens, por exemplo.
  • As apresentações devem ser disponibilizadas, preferencialmente na internet, para que os alunos e outros professores possam acessá-las em qualquer momento futuro.
  • A apresentação deve ter o papel de guia e ser acompanhada de uma discussão e de uma reflexão sobre os assuntos tratados. Uma apresentação não pode se esgotar em si mesma ou ser vista como uma “página de conteúdo do livro didático”. Apresentações são resumos de idéias organizados de forma didática.
  • A sequência de slides, as imagens, sons e outros recursos incorporados à apresentação devem ser didaticamente válidos, ou seja, tudo o que for apresentado deve ter um objetivo educacional claro e premeditado.
  • Para toda apresentação de slides deve haver uma avaliação correspondente onde se possa averiguar a aprendizagem do aluno. Em alguns casos essa avaliação pode ser proposta como parte da própria apresentação.
  • Evite usar letras coloridas e use-as apenas quando quiser  destacar uma palavra ou frase importante. Textos coloridos raramente causam um bom impacto visual, as cores do projetor nem sempre são iguais as cores vistas na tela do computador e a escolha infeliz da cor da letra e do fundo da apresentação podem tornar a visualização do slide difícil ou mesmo muito desagradável.
  • Use dois tipos de fonte: uma para os títulos, outra para o texto. De preferência, use fontes sem serifa (como Arial e Tahoma, no Windows e no Linux,DejavuSans, DejavuSerif). Uma fonte “sofisticada” pode não existir no computador onde a apresentação será executada e, nesse caso, seu texto pode ficar desconfigurado.
  • Evite usar cores de fundo ou imagens de fundo escuras, com muito contraste ou muito detalhadas. As cores claras, ou mesmo o fundo branco, permitem uma visualização melhor para quem está distante do telão e evitam problemas de contraste com as cores das letras ou problemas de interpretação das cores pelo projetor. Além disso, a iluminação local também pode afetar as cores mostradas no telão
  • Não repita para o público, em hipótese nenhuma, as frases que estão escritas nos slides. Isso fará com que você seja ignorado.
  • É imprescindível que os conceitos   sejam apresentadas em uma linguagem clara, objetiva, precisa e concisa.
  • Evite listar mais do que três itens (parágrafos) em um mesmo slide. O excesso de informações concentradas em um mesmo slide prejudica a compreensão do conteúdo exposto e causa a impressão de “complexidade do assunto”. Preferencialmente coloque nos slides apenas as idéias principais e não explicações ou detalhes
  • Evite apresentações de slides com muitos slides. Uma apresentação com mais de 30 slides causa muito mais a sensação de ser um livro do que de ser uma apresentação multimídia propriamente dita. Especialistas recomendam no máximo 10 slides.
  • Antes de propor-se a apresentar slides com sons ou vídeos inseridos nos slides, verifique se o local utilizado possui caixas de som capazes de criar sons audíveis em todo o ambiente. É muito desagradável assistir um vídeo com som sem poder ouvir corretamente as falas ou a música
  • Sempre que for inserir um filme em um slide, escolha a opção de apresentá-lo em tela cheia. Vídeos apresentados em áreas pequenas são de difícil visualização e tornam praticamente impossível a leitura de legendas quando elas estão presentes.
  • Se tiver dificuldade para visualizar o telão ou a tela do computador da posição onde você se encontra durante a apresentação, tenha em mãos uma cópia impressa dos slides que serão apresentados.
  • Sempre inclua uma página de abertura, uma página de índice e uma página final de créditos em suas apresentações. Na página de créditos forneça seu e-mail para contato e evite incluir sua “biografia” nesse slide.
  • Faça sempre um “ensaio” da apresentação e cronometre o tempo que gastará em suas falas, ajustando a apresentação e suas falas para o espaço de tempo real de que você disporá quando fizer a apresentação para seu público. Especialistas recomendam um tempo máximo de apresentação de 20 minutos.
  • O tempo de apresentação dos slides e a quantidade de conceitos e informações apresentadas, bem como o tamanho total da apresentação, devem ser dimensionados de maneira que se possa tratá-los dentro do espaço da aula, sem criar descontinuidades e sem exigir um número excessivo de aprendizagens.
  • A apresentação não substitui o trabalho do professor e nem deve ocupar um tempo muito grande da aula, podendo ser intercalada com intervenções do professor e dos alunos ou com o uso de outros recursos (como a lousa, demonstrações, atividades dos alunos, etc.).
  • É importante fornecer as fontes de pesquisa usadas para gerar a apresentação e dar os créditos necessários para todos os autores, coautores e colaboradores.
  • As apresentações devem ser disponibilizadas, preferencialmente na internet, para que os alunos e outros professores possam acessá-las em qualquer momento futuro.
  • Como a apresentação de slides é uma ferramente essencialmente “visual”, é preciso um cuidado especial com o design e o uso de fontes, cores, imagens e efeitos especiais. Uma apresentação com caráter pedagógico não deve ser apenas um show pirotécnico de efeitos especiais.
  • A apresentação deve ser visível por todos na sala. Posicione o telão em um local que permita sua visualização por todos os presentes e faça sua exposição ao lado e não na frente do telão. Se for obrigado a ficar um pouco mais distante do telão, use um apontador laser para apontar; se estiver próximo ao telão e este for pequeno, use um apontador do tipo “vareta”.
  • A letra utilizada para os textos dos slides deve ter uma tamanho suficientemente grande para que todos possam ler os textos, mesmo aqueles que estão mais distantes do telão. Evite usar fontes com tamanho menor do que 20. Especialistas recomendam o uso de fontes com tamanho 30.
  • Use apenas os dois terços superiores do espaço do slide, pois em muitas salas o público mais distante não consegue enxergar a área total do telão e têm dificuldade para ver o terço inferior do slide.
  • Use apenas os dois terços superiores do espaço do slide, pois em muitas salas o público mais distante não consegue enxergar a área total do telão e têm dificuldade para ver o terço inferior do slide.
  • As animações de objetos (textos e figuras que entram em cena de determinada forma e em momentos distintos de um mesmo slide) devem ser usados com bastante parcimônia. Use efeitos de animação apenas quando quiser apresentar itens de forma sequencial e evite “efeitos pirotécnicos” que podem contribuir mais para a desatenção do que para a atenção do seu público sobre o conteúdo exposto.

REFERÊNCIAS

EISON, J. & BRYAN, C. E. PowerPoint in the College Classroom: common abuses and constructive alternatives

LEVASSEUR, G. D. & SAWYER, J. K. Pedagogy Meets PowerPoint: A research Review of the Effects of Computer-Generated Slides in the classroom

KOSSLYN, M. S. ett all. PowerPoint presentation flaws and failures: a phsychological analyses.

A Ciência do Slide Perfeito. Revista Super Interessante.

Por que os alunos não aprendem com seus slides. In: http://porvir.org/por-alunos-nao-aprendem-seus-slides/

Quais os benefícios de uma apresentação em sala de aula. In: http://www.ehow.com.br/quais-beneficios-apresentacao-powerpoint-sala-aula-fatos_13017/

Uso pedagógico de slides digitais. In: http://www.ehow.com.br/quais-beneficios-apresentacao-powerpoint-sala-aula-fatos_13017/

Deixe um comentário